03/06

Com sua geografia formada por matas, rios, cachoeiras, manguezais e um mar imenso, Itacaré se tornou a terra prometida para amantes do ecoturismo e do turismo de aventura. Se tudo começou com o surf, hoje a variedade de práticas é para todos os gostos – vai de trilhas na mata a voos de parapente, passando por rafting, rapel, caiaque, trekking, mountain bike e o que mais a coragem deixar.

Trilhas em Itacaré, graças à beleza da Mata Atlântica, aliás, não faltam. Podem ser feitas a pé, de bike ou de jipe,  com ou sem guias a depender do lugar, e descortinam paisagens lindas.  Bom lembrar que na região está o Parque Estadual da Serra do Conduru, com mais de 9.200 hectares, a serem desbravados pelos aventureiros

 

No quesito praias quase desertas para curtir e descansar ao sol,  Itacaré é imbatível! São 14 ao todo (Isso mesmo! Contadas e nomeadas) - algumas extensas de frente para a mata, outras menores, cercadas por coqueiros, algumas pertinho da cidade e fáceis de chegar, outras que exigem caminhadas que valem cada passo. 

Esportes radicais em Itacaré

O Rio de Contas proporciona aventuras incríveis em esportes aquáticos. Seja de canoa, caiaque ou bote, são três quilômetros de rafting em corredeiras com muita adrenalina. É também remando pelo Rio de Contas, e fazendo uma trilha de 10 minutos pelas fazendas de cacau, que se chega a cachoeira do Noé, uma queda de 18 metros, perfeita para quem quer se iniciar na prática do rapel. 

E, se terra e água não forem suficientes para você, tem um céu te esperando – já voou de parapente? Em Itacaré dá para viver a experiência que, dizem, pode ser feita por iniciantes e pelos mais experientes, basta deixar o medo de lado e procurar um instrutor de confiança. A decolagem é de uma rampa no Mirante de Serra Grande no km 33 da estrada para Ilhéus, uma altura de 80m à beira mar. Em mim dá medo só de falar, e em você? Vai topar essa aventura? 

 

Vem se hospedar com a gente!